Embora não haja consenso sobre o reconhecimento dos fundadores do município, as figuras do padre Joaquim José da Silva e de seus irmãos destacam-se na promoção inicial do povoado. Também teve importante atuação o capitão-mor Gabriel Serafim da Silva.

    Em 26 de janeiro de 1784, foi criada a freguesia com a denominação de Areias, em terras do município de Lorena. Em 1798, os habitantes solicitaram ao governador da província de São Paulo sua elevação à categoria de vila, mas não obtiveram sucesso.

    Apenas em 28 de novembro de 1816, foi elevada à categoria de vila com o nome de São Miguel das Areias, sendo a única localidade paulista elevada a município por D. João VI.

    Suas principais atividades econômicas foram a agricultura e depois a pecuária. Um dos primeiros municípios a cultivar o café, cujas mudas procediam de Resende, tornou-se responsável por boa parte da produção total da província. São desse período áureo as casas e os sobrados de estilo colonial, oriundos da chamada “civilização do café”.

    Durante as Revoltas Liberais de 1842, Areias – assim como outros municípios paulistas – esteve anexada à Província do Rio de Janeiro, voltando a São Paulo em 29 de agosto de 1843. Em 24 de março de 1857 recebeu os foros de cidade.

(Fonte: Fundação SEADE - 2006)
História    Eventos anuais    Pontos turísticos que merecem destaque    Serviços Úteis
História
Contato:
Reservas e informações:
Telefones: (12) 3107-1499 - (12) 99733-9288 (Vivo)
E-mail: contato@pousadacaminhosdabocaina.com.br

    Areias localiza-se no fundo do Vale do Paraíba, ao longo da estrada dos Tropeiros, entre Silveiras e São José do Barreiro. Em pleno século XVIII era uma modesta pousada de tropeiros que, vindos de Minas Gerais e São Paulo, estavam a caminho do Rio de Janeiro.

    A região era habitada pelos índios Puris que, nessa época, enfrentavam constantes conflitos, fossem contra a tribo dos Botocudos, ou contra os desbravadores.
História    Eventos anuais    Pontos turísticos que merecem destaque    Serviços Úteis